segunda-feira, 17 de junho de 2019

Vagões de trem double


Divulgação          Investimento da Rumo é de R$ 30 milhões em vagões

Nelson Tucci

Braço da empresa Rumo, a Brado Logística fará um evento na próxima quarta-feira, 19, em Sumaré/SP, para apresentar as operações com os primeiros vagões de trem Double Stack do país. Com capacidade para empilhar dois contêineres de 40 pés ou dois de 20 pés em baixo e um de 40 pés em cima, as operações do Double Stack farão o trecho ferroviário entre Sumaré e Rondonópolis/MT, que compreende as malhas Paulista e Norte administradas pela Rumo.
A empresa investiu R$ 30 milhões na aquisição de 74 vagões, que podem transportar qualquer tipo de carga. Existem três tipos de contêineres: dry (produtos secos), reefer (refrigerados) e isotank (líquidos). O lançamento oficial ocorreu no ano passado, durante a 24ª edição da Intermodal South America, em São Paulo.
O vagão Double Stack é fabricado pela empresa americana Greenbrier Maxion, cuja sede brasileira fica em Hortolândia, no interior paulista. O modelo requer adequação de terminais e gabarito da ferrovia de forma a permitir sua circulação, e esse processo de investimentos para adequação das ferrovias aconteceu nos Estados Unidos, o que lhes permitiu uma grande expansão do intermodal ferroviário e, com isso, apreciável redução nos custos de frete.

PORTOS – Portos privados têm autorização de investimentos de R$ 3 bilhões ainda neste ano no Rio de Janeiro. O setor portuário privado mais que dobrou sua previsão de investimentos de 2018 para 2019 no Rio de Janeiro, passando de R$ 1,2 bilhões para R$ 3 BI, respectivamente. Os números, levantados pela Associação de Terminais de Uso Privado (ATP), trazem uma comparação significativa, pois o investimento autorizado em 2013 era de R$ 200 milhões, um crescimento de 1.400% quando comparado a 2019. No total, em seis anos, foram autorizados mais de R$ 6 bilhões pelos terminais de uso privado (TUPs) apenas no estado do Rio de Janeiro.
A realidade do setor portuário privado no Brasil foi discutida durante o evento Port Privatization Forum, na semana que passou, no Rio de Janeiro. Os TUPs têm regimes jurídicos diferenciados dos portos públicos no Brasil e um dos desafios do setor é aprimorar as discussões sobre essas diferenças. “O Brasil ainda tem muito potencial de investimentos e a troca de experiências auxilia no encontro de soluções para tornar essa expansão possível”, afirma o presidente da ATP, Murillo Barbosa.

Divulgação                                Jovens da periferia debaterão soluções

MOBILIDADE – O Unicef e o grupo de concessões de rodovias Abertis firmaram uma parceria que dará início ao programa “Geração que move”. A iniciativa, apoiada no Brasil pela Arteris – que tem o Abertis como um de seus acionistas – coloca jovens de periferias no protagonismo da discussão sobre mobilidade segura nos grandes centros urbanos.
Para o projeto-piloto da ação, as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro foram selecionadas. Em um modelo de co-criação, 210 jovens irão participar de 12 workshops de design thinking que acontecerão entre 2019 e 2020. Durante o processo, eles irão diagnosticar e mapear de maneira colaborativa seus desafios de locomoção na cidade, seja para as atividades do dia a dia, como ir à escola ou ao trabalho, seja para os momentos de lazer.
Somente em 2015, 1.389 meninos e meninas de até 14 anos morreram e quase 13 mil crianças foram hospitalizadas devido a acidentes de trânsito no Brasil, de acordo com dados do Datasus. Nos grandes centros urbanos, como São Paulo e Rio de Janeiro, os desafios em mobilidade são muitos.

EMPREGO – A falta de empregos tem estimulado os concursos públicos. É o caso do novo concurso do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), que está 44,6% maior em relação ao anterior, promovido em 2013. Ao todo, 150.545 inscritos disputam as 400 vagas de níveis médio e superior oferecidas em 224 cidades do estado. São 376 candidatos por vaga contra 260 do certame de seis anos atrás.
A maior concorrência será para a vaga de oficial em São Vicente, na Baixada Santista, onde 2.824 se candidataram. Já a menor disputa será em Brotas, onde 17 se interessaram também pela vaga de oficial.
Na Baixada Santista e Registro foram registradas 8.993 inscrições para as 21 vagas oferecidas em 14 cidades. As provas para oficiais e agentes de trânsito serão promovidas no mesmo dia, em 7 de julho, nos períodos da manhã e da tarde. Os locais exatos serão informados via e-mail pela Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora do concurso, diretamente aos candidatos. Quem tiver dúvidas pode ligar no telefone (11) 3723.4388.

Divulgação     HR-V Touring 2020: modelo custa a partir de R$ 94,4 mil

LANÇAMENTO – A Honda anunciou o início das vendas, em todas as concessionárias da marca no país, do HR-V Touring 2020. A versão chega ao mercado elevada a um novo patamar de desempenho, conforto e segurança, com a adoção de equipamentos inéditos ao modelo, como teto solar panorâmico, Honda LaneWatch, bem como o motor 1.5 Turbo de 173 cv, dentre outras novidades.
Na linha 2020, a versão EXL passa a oferecer os sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bem como uma nova grade frontal com acabamento em black piano, aumentando o refinamento do SUV. A central multimídia de 7 polegadas touchscreen, com conectividade aos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, é a principal novidade para a versão EX, que recebe ainda sensores de estacionamento traseiros. Por meio desta nova central é possível a operação intuitiva de mapas do sistema de navegação do Waze (navegação disponibilizada por meio do Android Auto e Apple CarPlay), além da reprodução de músicas via Bluetooth, por dispositivos portáteis, ou de serviços de streaming (via conexões Bluetooth, Android Auto ou Apple CarPlay).
O modelo LX recebe câmera de ré integrada à central multimídia de 5", com três modos de visão, facilitando as manobras e aumentando a visibilidade do condutor.

ATLAS – Apesar da clara relação do transporte com o espaço geográfico, onde tudo que é transportado possui uma origem e um destino, a representação gráfica dos temas a ele relacionados ainda não é amplamente explorada. Por isso, a Confederação Nacional do Transporte lançou, dia 13 último, a segunda edição do Atlas CNT do Transporte – a primeira foi divulgada em 2006. O material apresenta, por meio de mapas temáticos, informações fundamentais sobre a infraestrutura e a operação dos sistemas rodoviário, ferroviário, aquaviário, aeroviário e sua integração multimodal.
“Acreditamos que o lançamento de um Atlas dedicado ao setor de transporte contribui de maneira significativa para a construção de um conhecimento especializado do setor, além de possibilitar o registro histórico de informações capazes de promover o aprendizado com a experiência vivenciada pelos próprios transportadores”, destaca o presidente da CNT, Vander Costa. Além da publicação impressa, a confederação também lança o site www.atlas.cnt.org.br Por meio dele, é possível baixar a íntegra do material e, também, mapas específicos. 

Divulgação                 Volvo XC90 já em teste: é capaz de dirigir sozinho

AUTÔNOMO – A Volvo Cars e o Uber, companhia de compartilhamento de carros, anunciaram a produção conjunta de automóveis 100% autônomos, um próximo passo na colaboração estratégica entre as duas companhias.
As empresas firmaram um acordo de parceria de engenharia em 2016 e, desde então, desenvolveram vários protótipos destinados a impulsionar o desenvolvimento de carros 100% autônomos. O Volvo XC90 recém-apresentado é o primeiro modelo de produção que, em combinação com o sistema autônomo do Uber, é capaz de dirigir sozinho.
As características mais importantes dos veículos produzidos pela Volvo Cars incluem diversos sistemas de backup para as funções de direção e frenagem, bem como a energia reserva para a bateria. Se algum dos sistemas primários falhar por algum motivo, os de backup são projetados para agir imediatamente para parar o veículo.

PREMIAÇÃO – A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) realizou, na semana passada, a cerimônia de premiação dos fornecedores da América Latina. O “Annual Supplier Conference & Awards 2019”, é um prêmio que reconhece as empresas que se destacaram pelo compromisso na entrega de valor com inovação, qualidade, garantia, competitividade, alinhadas aos princípios da FCA.
O tema do encontro foi “Nosso plano. Nosso futuro”, em que um dos principais assuntos discutidos foi o programa Rota 2030, que orienta o desenvolvimento da indústria para os próximos anos, estabelecendo metas de eficiência energética e segurança veicular que, para serem alcançadas, exigem grande interação entre montadoras e fornecedores no desenvolvimento de tecnologias, soluções e inovações.

SEGUROS – Antes de comprar um carro é importante levar em consideração outros fatores além do valor do veículo: IPVA, combustível e valor do seguro. E nem sempre o carro mais barato terá o seguro de menor valor. Para esclarecer algumas dúvidas, a ComparaOnline, marketplace de seguros e produtos financeiros, realizou o levantamento dos valores cobrados pelas seguradoras para os carros mais baratos do Brasil em 2019.
"Carros com menor preço tendem a ser mais populares, ou seja, podem ser alvo de criminosos com a intenção de desmanchá-los e vender as peças no mercado clandestino, onde a liquidez é bastante alta. Isso faz com que as seguradoras sejam mais cautelosas na hora da precificação e os seguros fiquem mais caros do que veículos de maior valor", explica Paulo Marchetti, CEO da ComparaOnline no Brasil.
Entre os carros mais baratos no mercado brasileiro estão o Ônix, UP!, Picanto, Mobi e Kwid, sendo o último o veículo com o menor preço. Se levarmos em consideração o seguro para um homem solteiro, fora da faixa de risco, ou seja, acima de 25 anos, o valor chega a R$ 4.489,40 para o Ônix e R$ 3.089,69 para o UP!. Pensando no perfil feminino, também fora da faixa de risco e solteira, a diferença entre os valores é ainda maior, chegando a R$ 5.739,03 para o Picanto e R$ 3.516,21 para o Mobi.

LEILÕES – A VIP Direto, aplicativo de leilão que conecta pessoas para vender veículos com quem quer comprá-los, oferece a plataforma para quem quer comprar e vender carros. A empresa realiza leilões online de veículos com até 50% abaixo do valor de mercado. Os pregões ocorrem de segunda a sexta-feira, às 18 horas, pelo aplicativo disponível na Play Store e App Store ou pelo site www.vipdireto.com Para esse começo de mês, os destaques serão o X3, C4 Pallas, Fiesta, Cherokee, dentre outros. Confira.

Nelson Tucci é editor de Veículos & Negócios, do Jornal PERSPECTIVA.
Leia também no site www.jornalperspectiva.com.br

terça-feira, 11 de junho de 2019

Anfavea critica peso tributário


Divulgação     Gasto anual de R$ 2,3 bilhões com custo burocrático-tributário

Nelson Tucci

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) apresentou dados que revelam “a urgência de se promover uma profunda simplificação tributária e burocrática no Brasil”. Em coletiva à imprensa, a associação citou estudos da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), dando conta que 1,2% do faturamento industrial é gasto com mão de obra, software, serviços e custos legais para cálculos e processamentos de tributos. Neste porcentual não estão incluídos os custos dos impostos propriamente ditos. Anualmente, a indústria brasileira gasta cerca de R$ 37 bilhões apenas com essas operações burocráticas, o que representou em 2017 0,6% do PIB nacional e 5,5% do PIB industrial.
Focando apenas no setor automotivo, a Anfavea calcula um gasto anual de R$ 2,3 bilhões só com esse custo burocrático-tributário, valor maior que o R$ 1,5 bilhão previsto com Pesquisa e Desenvolvimento no programa Rota 2030. “Ou acabamos com esse sistema tributário ou ele acaba com o Brasil”, queixou-se Luiz Carlos de Moraes, presidente da Anfavea. Ele citou como exemplo o fluxo de importação do airbag, item obrigatório nos veículos nacionais, que demanda 15 passos burocráticos de requerimentos, o que pode exigir 50 dias de processamento. Enquanto a média global para cálculos de impostos em empresas é de 231 homens/hora por ano, no Brasil a necessidade é de 2.507 homens/hora, de acordo com a Fiesp.
O presidente da Anfavea explica que, “apesar dos indicadores econômicos pouco animadores do país, os bons números do setor automotivo no ano se devem a um longo processo de recuperação” iniciado em 2017, após uma queda superior a 40% no biênio 2015-2016, auge da crise. “Nosso tombo foi bem maior que os 6,73% do PIB naqueles dois anos, por isso há muito o que recuperar para voltamos aos patamares de 2012. O mercado interno mantém bom ritmo de vendas, com alta de 12,5% no acumulado do ano. A produção só não acompanha esse patamar em função da expressiva queda das exportações para a Argentina. O destaque de maio foi o segmento de caminhões, com o melhor mês em vendas desde dezembro de 2014. Felizmente, o mercado vem reagindo de forma constante, e deverá crescer ainda mais após a aprovação das reformas previdenciária e tributária”, acredita Moraes.

Douglas de Souza Melo        Marcopolo no Chile: Turbus é antigo e tradicional cliente

ÔNIBUS – A Turbus, operador de transporte rodoviário do Chile, adquiriu 74 novos ônibus rodoviários Marcopolo. Os veículos têm previsão de entrega para o próximo mês de julho e serão utilizados nas linhas que ligam a capital, Santiago, e cidades do Sul e Norte do país.
Segundo José Luiz Góes, gerente executivo de Negócios Internacionais, a Turbus é um dos mais antigos e tradicionais clientes da Marcopolo: “A parceria é estreita e forte. Desde a década de 80 fornecemos ônibus para a operadora, sendo que, em 1991, celebramos a entrega da unidade 60.000 da Marcopolo. Nos últimos seis anos foram 225 veículos adquiridos”.
Os ônibus Paradiso 1800 Double Decker possuem chassi Scania K400 6x2 e os Paradiso 1050 chassi Mercedes-Benz O500RS 1936 4x2, todos com sistema de segurança ativa (sensores, câmeras e alarmes anticolisão) e diferentes configurações e equipamentos de acordo com o modelo de carroceria. São equipados com poltronas semileito, sistemas de ar-condicionado e calefação e de áudio e vídeo com rádio MP3, preparação para DVD e para monitores de vídeo, iluminação em LED Bio Lighting, audiofones de três canais com controle de volume, tomada USB e carregador de celular e tomada em todas as poltronas.

INOVAÇÃO – A Renault e a Nissan anunciaram a abertura de um novo laboratório conjunto de inovação em Tel Aviv, Israel. A iniciativa permitirá que a Aliança acelere um modelo único de colaboração com startups israelenses e uma parceria exclusiva com a autoridade de inovação local.
Batizado de Alliance Innovation Lab Tel Aviv, o laboratório tem como foco o desenvolvimento de sensores para condução autônoma, cibersegurança e big data. A Aliança já está testando e trabalhando em mais de 10 projetos de protótipos, em diferentes fases.

Divulgação         Mobi: modelo da Fiat já vendeu 150 mil unidades

MOBI – O Mobi, veículo compacto (e bota compacto nisto!) da Fiat está entre os veículos mais vendidos do país, aponta a montadora. Cerca de três anos após seu lançamento, o modelo já ultrapassou a marca de 150 mil unidades vendidas.
Desde seu lançamento, em abril de 2016, o Fiat Mobi tem se renovado. Alguns meses após sua chegada recebeu a versão Drive com o então novo motor Firefly 1.0 três cilindros. Já em 2017, o Fiat Mobi ganhou a versão GSR (Gear Smart Ride) evidenciando o consumo consciente e foi o primeiro modelo da história da Fiat brasileira a receber a combinação de motor 1.0 com câmbio automatizado. Em testes do Inmetro-PBEV, o Mobi Drive GSR alcançou o menor consumo de combustível em ciclo urbano entre todos os modelos equipados com motor 1.0 e câmbio automatizado à venda no Brasil, se consagrando como um dos mais econômicos do país.
Com desconto no IPI e isenção do ICMS, a versão Easy sai por R$ 25.799, preço abaixo de qualquer outro modelo. Já a versão Drive GSR com desconto para o público PCD (pessoas com deficiência) custa R$ 35.990, 24% menos do que o preço público sugerido do modelo (R$ 47.590).

VENDAS – Ouro modelo que tem animado as vendas automotivas é o carrinho da Nissan, o chamado “crossover urbano” Kicks que atingiu neste mês a marca histórica de 100 mil unidades fabricadas no Brasil, no Complexo Industrial de Resende/RJ.
O Kicks também é um dos primeiros modelos da Nissan a aplicar o conceito Nissan Intelligent Mobility, que reúne diversos recursos de engenharia, construção e tecnologia para transformar a maneira como os carros são conduzidos, impulsionados e integrados na sociedade.

AUTÔNOMO – A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) US e a Aurora anunciaram a assinatura de um acordo para estabelecer as bases de uma parceria com o objetivo de desenvolver e implantar veículos comerciais de condução autônoma. O Aurora Driver é a plataforma de direção autônoma que compreende o hardware, o software e os serviços de dados que orientam os veículos movidos por ela com segurança em todo o mundo. Oferecendo autonomia de nível 4, o sistema é composto por tecnologia capaz de sentir o ambiente e navegar por ele sem intervenção humana.
Por meio dessa parceria, a FCA e a Aurora planejam integrar o Aurora Driver às linhas de veículos comerciais da FCA. Isso permitirá uma variedade de soluções personalizadas em um momento em que a mudança de estilos de vida e os padrões de compras on-line estão criando oportunidades logísticas.
"Como parte de nosso plano de veículos autônomos da FCA, continuaremos a trabalhar com parceiros estratégicos para atender às necessidades dos clientes em um setor em rápida mudança", afirma Mike Manley, CEO da FCA.

RP – A Honda South America reestruturou sua equipe de Comunicação e Relações Públicas. Sob a coordenação do gerente geral Pedro Rezende, desde o início deste mês, Viviane Costa é a supervisora de Relações Públicas de Automóveis, função que acumulará com a gestão das mídias sociais da Honda Brasil.
Sob seu comando, atuarão Rodrigo Leite, no atendimento à imprensa, e Gracielle Borges, em canais sociais. A supervisão de Relações Públicas para motocicletas, produtos de força e competições está sob responsabilidade de Alfredo Guedes, que conta com a colaboração dos assessores Fábio Bonatto e Marcello Ghigonetto.
A Comunicação Corporativa tem agora como supervisora Tassia Rodrigues, que responde por temas institucionais e comunicação com colaboradores da empresa no Brasil. A ela respondem as assessoras Aline Cerri, para Honda serviços financeiros, HondaJet e temas institucionais da Honda automóveis, e Mellina Agostinho, para Honda energy e temas institucionais da moto Honda. Daniel Jesus é responsável pelas atividades de comunicação interna.

ÁFRICA – Com alcance de produtos e serviços em mais de 125 países e em rota de expansão internacional, a Fras-le é presença confirmada em uma das maiores feiras voltadas ao mercado sobre trilhos. Nos dias 19 e 20 deste mês, em parceria com o cliente Gear, a empresa mostrará sua tecnologia em sapatas e pastilhas ferroviárias na Africa Rail, em Johanesburgo, na África do Sul.
A expectativa dos organizadores é de que o evento reúna mais de 6,5 mil profissionais do mercado ferroviário em apenas dois dias, com mais de 65 palestras e a participação de mais de 100 marcas líderes no suprimento de tecnologia para o setor. Atualmente, a Fras-le já atende todo o continente por meio de sua operação conhecida como EMEA, que abrange Europa, Oriente Médio e África, com uma base em Gelsenkirchen, na Alemanha, além de escritórios e representantes instalados em mercados estratégicos da região.
“A África, como um todo, é um mercado já consolidado para os produtos Fras-le voltados a aplicações em veículos comerciais. Queremos agora alcançar esta mesma posição no mercado ferroviário da região, consolidando a empresa como principal fornecedor de sapatas ferroviárias para de trens de carga e passageiros no continente. A participação na Africa Rail juntamente com nosso parceiro GEAR alavanca a divulgação da nossa marca e produtos aos principais clientes do setor”, comenta o gerente geral da Operação EMEA da Fras-le, André Incerti.

LOGíSTICA – O executivo Michael Chalchat acaba de assumir a recém-criada Diretoria de M&A (fusões e aquisições) do Grupo ID Logistics, multinacional de logística presente em 18 países. Mestre em finanças corporativas, Chalchat iniciou sua carreira na consultoria Deloitte, sediada no EUA, como gerente responsável pela auditoria financeira de grupos internacionais e ingressou na ID Logistics em 2013.

Nelson Tucci é editor de Veículos & Negócios, do Jornal PERSPECTIVA.
Leia também no site www.jornalperspectiva.com.br

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Junho Vermelho


 
Divulgação    Ação faz parte do programa Nosso Mundo Melhor

Nelson Tucci

As concessionárias CCR ViaOeste e CCR RodoAnel abrem a campanha “Junho Vermelho” nas rodovias do Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de sangue. A ação faz parte do programa de voluntariado Nosso Mundo Melhor, do Instituto CCR, e é liderada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) em todas as rodovias paulistas concedidas.
Ao longo do mês, as concessionárias distribuirão 20 mil folhetos nas praças de pedágio e divulgarão mensagens de incentivo nos painéis eletrônicos. As ações de estímulo à doação de sangue também serão trabalhadas com os colaboradores das empresas.
Para doar sangue, o/a candidato/a deverá estar alimentado. Se for doar pela manhã, uma refeição sem gorduras; após almoço ou jantar, deve-se aguardar três horas; o/a candidato/a à doação deve comparecer em condições plenas de saúde; se estiver apresentando qualquer sintoma, mesmo que leve, deverá aguardar a melhora; frequência cardíaca e pulso devem estar regulares e serem analisados pelo médico; a pressão arterial é aferida no momento da doação, assim como a temperatura, que não poderá exceder 37°C. Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e com mais de 50 quilos. Para mais informações ao doador acesse https://goo.gl/9YopJB

MOTOS – A CCR ViaOeste, CCR RodoAnel e Polícia Militar Rodoviária realizam ao longo de todo o mês de junho abordagens educativas para orientar os motociclistas sobre as melhores práticas para conduzir em rodovias. As ações, que acontecem nas praças de pedágio com maior concentração de motos no Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel, tem o apoio da Artesp.
O objetivo da campanha é conscientizar de forma prática os motociclistas sobre as melhores práticas de pilotagem defensiva, além da importância da manutenção preventiva das motocicletas.

Divulgação        Emerson Brasil, gerente comercial da Arteb, recebeu a premiação de Douglas Palma, diretor do Sindirepa e do IQA

FARÓIS – A Arteb, fabricante de sistemas de iluminação, conquistou o selo Prata, que equivale à segunda colocação de marcas de farol/lanterna do Prêmio Sindirepa-SP, de acordo com a pesquisa Melhores do Ano, que avaliou 19 categorias de produtos e serviços do setor de reparação na de veículos, contando com a participação de 335 profissionais de cidades do Estado de São Paulo.  
Para a Arteb, que completa 85 anos de atuação, a premiação representa que a marca está atendendo a demanda com portfólio de produtos que oferece ampla cobertura à frota circulante, procurando estar cada vez mais presente no mercado de reposição. “O aftermarket é muito importante e a Arteb tem se dedicado para entender as necessidades, com disponibilidade de produtos com a mesma qualidade dos originais, além de informações técnicas”, comenta Emerson Brasil, gerente comercial da companhia. 

CAMINHÃO ELÉTRICO – A JAC Motors anunciou que vai lançar o iET 1200, primeiro veículo comercial com propulsão 100% elétrica da marca no Brasil. Trazido da China, mercado que representa mais da metade de todos os modelos elétricos do mundo, o JAC iET 1200 estreará a eletrificação em um segmento do mercado nacional – caminhões semileves e leves – que representou cerca de 15 mil unidades vendidas em 2018. Mas com um detalhe: a esmagadora maioria foi adquirida para transporte de cargas urbanas, circulando nas grandes cidades.
A sigla iET 1200 identifica o termo Intelligent Energy Truck, enquanto o “1200” exibe uma das maiores vantagens do modelo: o torque máximo. Com 1200 Nm, o que equivale ao valor empregado em motores convencionais a diesel para caminhões de 25 a 30 toneladas de PBT, o iET 1200 será extremamente bem-vindo para o transporte de cargas urbanas com toda essa “força motriz”, ganhando uma agilidade de condução absolutamente incomparável nos grandes centros. A potência será de 177 cv e o modelo terá a configuração de 97 kWh, para carga de bateria, que rende uma autonomia de 200 km.
“É preciso ponderar as duas grandes vantagens do caminhão 100% elétrico: a emissão zero de poluentes e o baixíssimo custo operacional. Enquanto o caminhão movido a diesel exige um custo de R$ 150 pra rodar 200 km na cidade, o JAC iET 1200 vai gastar R$ 30”, explica Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil. De acordo com o executivo, essa economia direta de R$ 120 reais por dia (cerca de R$ 2,5 mil/mês) irá tornar o JAC iET 1200 atrativo para pequenos clientes ou grandes frotistas, à medida que, além do combustível, ainda há uma substancial economia no custo de manutenção. O iET 1200 começará a ser entregue aos primeiros clientes ainda neste ano. A pré-venda já se iniciou e o valor sugerido é de R$ 259.900. Para ser recarregado, o modelo vai necessitar de uma tomada de 220 volts e 17 horas, no modo carga lenta. Se a tensão for trifásica e 380 V, ele será "abastecido" em apenas 2 horas.

Divulgação      Nova loja da chinesa Foton vai atender a Baixada Santista

CAMINHÕES – Logo após a abertura de uma revenda na capital paulista, as regiões do ABC e o litoral paulista também passam a contar com nova concessionária para venda de caminhões, peças e serviços Foton Caminhões.
A nova loja que atenderá também a região Leste e Sudeste da capital, tem quatro mil metros quadrados, quatro boxes de oficina para manutenção de veículos, serviços de garantia, funilaria e pintura e amplo estoque de peças.
A concessionária é resultado do investimento do Grupo La Ortiz Comércio e Serviços Automotivos, com tradição de mais de 40 anos no setor de veículos comerciais leves de variadas marcas. 

PASTILHAS – A Cobreq, marca da TMD Friction, foi eleita a Melhor Marca de Pastilhas de Freio no 10º Prêmio Sindirepa-SP Melhores do Ano. É o sexto ano consecutivo que é avaliada como categoria Ouro.
Na pesquisa do Sindirepa-SP, os reparadores avaliaram, entre os quesitos, a qualidade, disponibilidade e atendimento. As empresas classificadas nas três primeiras posições receberam selos Ouro, Prata e Bronze, que poderão ser utilizados em material de divulgação durante um ano.
“Esse prêmio é um importante reconhecimento do trabalho de todos os colaboradores da nossa companhia, que está sempre focada em tecnologia, qualidade e informação ao profissional do segmento de reparação automotiva”, afirma Edilson Jaquetto, presidente da TMD Friction do Brasil.

AGASALHO – A Secretaria Estadual de Logística e Transportes e todos os órgãos vinculados a ela participam da Campanha do Agasalho 2019. Mais de 36 postos de coleta foram disponibilizados em todo o estado, incluindo a sede da Secretaria, no Itaim Bibi, em São Paulo, portos e aeroportos paulistas. O encerramento da campanha é previsto para 22 de setembro e, até lá, a meta do governo estadual é arrecadar 50 mil cobertores e 250 mil peças de roupas.
Neste ano, o tema da campanha será os personagens dos desenhos animados "Meninas Superpoderosas" e "Ben 10". Nas caixas de arrecadação estará estampada, além dos personagens, a mensagem "Nosso superpoder contra o frio é um agasalho novo".
Em Cubatão, na Baixada Santista, o endereço para entrega é a DR.5, à Rua Dr. Fernando Costa, 155, Vila Santa Rosa. Telefone (13) 3361.1355

FUSCA – O Auto Show Collection, evento de carros antigos e customizados do Brasil, realizará na terça-feira, 4, a Noite do Fusca, um evento aguardado pelos fãs do antigomobilismo. Mas prepara o bolso, porque lá tudo – absolutamente tudo – se paga.
Em novo formato, haverá simuladores de corrida e área infantil além da exposição de carros antigos, mercado de peças e outras atrações. O evento será realizado em parceria com o Fusca Clube do Brasil e a previsão são de 500 “besouros” na pista do Sambódromo do Anhembi, na capital.

BUCHA – A Ford convoca os proprietários dos veículos Fusion modelos 2013, 2014 e 2016, com motorização 25L, a consultarem se o seu veículo está envolvido no recall, que envolve desgaste e falha no cabo seletor de marchas da transmissão automática. A montadora informa que ainda não há uma solução disponível, recomendando, como medida preventiva, o acionamento do freio de estacionamento sempre que o motorista saia do veículo. Assim que a solução estiver disponível, haverá um novo chamamento para que os consumidores possam agendar a realização do reparo.
Identificação: modelo 2013 chassis (8 últimos dígitos) de DR100258 até DR313750 fabricação de 11 de maio de 2012 até 14 de maio de 2013; Modelo 2014 chassis (8 últimos dí ;gitos) de ER152895 até ER369909 fabricação de 17 de setembro de 2013 até 31 de maio de 2014; Modelo 2016 chassis (8 últimos dígitos) de GR204382 até GR405419 fabricação de 2 de setembro de 2015 até 4 de abril de 2016
A empresa informa que, nos veículos envolvidos, a bucha do cabo seletor de marchas pode se deteriorar ao longo do tempo, impossibilitando que o cabo seletor mova a transmissão para a correta posição das marchas. Nesta hipótese, caso o motorista mova a alavanca do câmbio para a posição “estacionamento” (“P”) e saia do veículo sem acionar o freio de estacionamento, o veículo pode não se encontrar travado na posição “estacionamento” e se mover involuntariamente, sem nenhum alerta sonoro no painel, com risco de acidentes com possíveis danos físicos aos ocupantes do veículo ou a terceiros. Para agendamento e mais informações, a Ford disponibiliza o telefone 0800 0800 703 3673 e o site www.ford.com.br

RECALL 2 – A FCA–Fiat Chrysler Automóveis convoca os proprietários dos veículos Ram 2500 Laramie, ano/modelo 2018 para agendarem o seu comparecimento em uma das concessionárias Ram, a fim de que seja providenciada, gratuitamente, a instalação de um limitador na haste da trava elétrica de abertura da tampa traseira. Foi identificada a possibilidade da abertura espontânea da tampa traseira com o veículo em movimento, o que pode resultar na perda da carga localizada na caçamba, aumentando os riscos de acidente, com consequentes danos físicos e materiais ao motorista, aos passageiros e a terceiros.
Estão envolvidas nesta campanha 321 unidades do Ram 2500, com os números de chassis não sequenciais (últimos seis dígitos) 133258 a 247891. O tempo estimado de reparo é de 30 minutos. Para mais informações acesse www.ram.com.br ou contate a Central de Serviços ao Cliente Ram pelo telefone 0800 730 7060.

RECALL 3 – Além dos veículos modelo Ram (acima), a FCA – Fiat Chrysler Automóveis também convoca os proprietários do veículo Jeep Renegade, todas as versões, anos/modelo 2018 e 2019 para providenciar, gratuitamente, a atualização do software da central do airbag, visando a preservação dos seus parâmetros originais de fabricação.
Foi identificada a possibilidade da desconfiguração dos parâmetros de funcionamento do software da central do airbag, comprometendo o acionamento dos airbags e dos pré-tensionadores dos cintos de segurança do veículo, em caso de colisão ou capotamento, aumentando o risco de danos físicos ao condutor e aos passageiros. Estão envolvidas nesta campanha 37.723 unidades do Jeep Renegade, com os números de chassis não sequenciais (últimos seis dígitos) 184001 a 252736. O tempo mínimo para o reparo é de aproximadamente 1 hora.
Para consulta dos números dos chassis envolvidos e mais informações, consulte o site www.jeep.com.br ou contate a Central de Serviços ao Cliente Jeep pelo telefone 0800 703 7150.

FUSÃO – A Fiat Chrysler Automobiles N.V. entregou, no último dia 27, uma carta não vinculativa ao board do Groupe Renault propondo uma combinação de seus respectivos negócios como uma fusão 50/50. A proposta da FCA vem na sequência de discussões operacionais iniciais entre as duas companhias para identificar produtos e regiões onde elas poderiam colaborar, particularmente na medida em que elas desenvolvem e comercializam novas tecnologias.
A combinação proposta criaria uma fabricante de automóveis global, proeminente em termos de faturamento, volumes, rentabilidade e tecnologia, beneficiando os respectivos acionistas e públicos de interesse. O negócio combinado teria vendas anuais de aproximadamente 8,7 milhões de veículos, seria uma líder mundial em tecnologias de veículos elétricos, marcas premium, SUVs, picapes e veículos comerciais leves, e teria uma presença global mais ampla e equilibrada do que cada uma das empresas separadamente.
O ex-presidente da Renault, afastado, ainda não se desvencilhou da Justiça japonesa.

Divulgação    Luiz Sergio: importância da manutenção preventiva

ARTIGO
Cuidado com o veículo pode salvar vidas no trânsito

Por Luiz Sergio Alvarenga (*)

É fundamental que todo motorista tenha consciência sobre a necessidade da manutenção preventiva do veículo para a segurança no trânsito. De maneira geral, o brasileiro leva o carro para uma oficina somente quando percebe algum problema, como falha mecânica ou elétrica. Trata-se de prática bastante perigosa porque coloca muitas vidas em risco.
Para ilustrar, uma suspensão em mau estado de conservação pode tirar um veículo da trajetória de curva e gerar um capotamento; um sistema de freios comprometido pode não fazer uma frenagem mais brusca em caso de necessidade e provocar uma colisão; pneus com sulcos abaixo do padrão podem perder aderência em caso de pista molhada.
Enquanto a manutenção corretiva é feita somente depois que um componente quebra, a preventiva, como o nome sugere, previne essa necessidade porque as peças são trocadas antes que se desgastem em demasia. Envolve procedimentos de avaliação e monitoramento, com o objetivo de garantir o bom funcionamento do veículo.
Além de reduzir as chances de envolvimento em acidentes, provocados pelo desgaste natural de componentes do carro, a manutenção preventiva geralmente envolve custos inferiores à corretiva, afinal um componente quebrado afeta o funcionamento de outras peças do veículo, que a princípio, possivelmente, não precisariam ser trocadas.
Por considerar que acidentes são muito improváveis de acontecer com ele, o motorista negligencia medidas de ação preventiva que salvam vidas. Deixar de substituir pneus “carecas” por achar que podem aguentar um pouco mais é exemplo. Essa percepção precisa ser mudada, porque nenhuma impressão de “economia” vale mais que a vida.
Vale destacar ainda que um veículo parado em via pública causa a chamada “onda”, isto é, o acúmulo de carros que aumenta enquanto o veículo com pane não for removido da pista, o que resulta em vários problemas, como piora da qualidade do ar, gasto de tempo excessivo no trânsito e atraso na entrega de mercadorias. Toda a sociedade perde.
Diante da ausência de uma legislação específica para a avaliação dos veículos no Brasil, como a Inspeção Técnica Veicular – importante medida para a segurança no trânsito já implantada em mais de 50 países –, cabe ao motorista realizar manutenções periódicas do veículo, conforme recomendações do manual do fabricante, em oficina de confiança.
Esses e outros temas serão abordados no 7º Fórum IQA da Qualidade Automotiva, que receberá lideranças de toda a cadeia da indústria no segmento – como montadoras, autopeças, concessionárias, distribuidores, oficinas, entidades setoriais, consultorias e governo – dia 16 de setembro, no Centro de Convenções Milenium, em São Paulo. Participe!
(*) Luiz Sergio Alvarenga é diretor executivo do Sindirepa Nacional

Nelson Tucci é editor de Veículos & Negócios, do Jornal PERSPECTIVA.
Leia também no site www.jornalperspectiva.com.br

segunda-feira, 27 de maio de 2019

De olho na suspensão


Divulgação    Produtos podem ressecar borrachas e comprometer suspensão

Nelson Tucci

É prática comum de muitos motoristas levar o carro para uma boa lavagem (ou lavação, como se diz no Sul do país) semanalmente e, especialmente, quando voltam de uma viagem – seja da praia ou interior. No entanto, alguns se esquecem de ficar de olho nos produtos utilizados na lavagem. “Há muitas partes do veículo que merecem atenção durante a lavagem, já que produtos derivados de petróleo podem acabar danificando algumas peças, como as borrachas do sistema de suspensão”, alerta Eduardo Guimarães, técnico da Nakata.
Ele explica que o conjunto de suspensão é formado por amortecedores, molas, braços oscilante ou bandejas de suspensão, pivôs, coxins, bieletas, buchas, batentes e barra estabilizadora, sendo grande parte destas feitas de borracha para atenuar os efeitos das molas e proporcionar maior conforto aos ocupantes do veículo. “A pulverização de produtos derivados do petróleo, solventes químicos e óleo de mamona ressecam as peças de borracha, ocasionando rupturas e ruídos. Quando a coifa do pivô ou do terminal de direção rompe, ocorre desgaste do pino esférico por contaminação e o carro pode perder a dirigibilidade”, comenta o especialista.
A recomendação é efetuar a lavagem só com água, sob pressão, para não comprometer os componentes da suspensão. Este cuidado vai proporcionar maior durabilidade às peças e, sobretudo, segurança ao (a) motorista.

Divulgação                    I-Pace: modelo elétrico da Jaguar é premiado

ELÉTRICO – O totalmente elétrico Jaguar I-Pace levou a premiação nas categorias “Melhor Motor Elétrico” e “Melhor Motor - Carros entre 350 a 450hp” durante o “International Engine + Powertrain of the Year”, prêmio realizado em Stuttgart, na Alemanha. O júri foi formado por 70 jornalistas de 31 países, todos especialistas no setor automotivo, e levou em consideração características fundamentais como desempenho, dirigibilidade, uso de energia eficiente e refinamento.
Na premiação, Ian Hoban, diretor de Powertrain do Grupo Jaguar Land Rover, disse: “Nós usamos todos os benefícios que a bateria de alta qualidade e a tecnologia de motor para criar um carro elétrico de alto nível. Além da emissão zero de poluentes, o powertrain completamente elétrico entrega um balanço ideal de desempenho, refinamento e autonomia, agregado a uma excelente resposta, agilidade e usabilidade no dia a dia. O I-Pace é uma completa experiência automobilística e, acima de tudo, um verdadeiro Jaguar”.
A bateria de íon-lítio de 90kWh do I-Pace entrega uma autonomia de 470 quilômetros. Ela pode ser carregada de 0% a 80% em 40 minutos usando um carregador de 100kW DC, ou em torno de 10 horas usando uma tomada comum de 7kW AC – ideal para o carregamento em casa ao longo da noite.

Divulgação        Projeto prevê tornar aviões mais eficientes e ecológicos

HÍBRIDOS – A Airbus acaba de assinar um memorando de entendimento com a SAS Scandinavian Airlines para realizar pesquisas sobre os pré-requisitos de ecossistemas e infraestrutura de aeronaves híbridas e elétricas. O documento foi assinado por Grazia Vittadini, Chief Technology Officer da Airbus, e Göran Jansson, Deputy President EVP Strategy & Ventures da Scandinavian Airlines. O projeto terá início em junho deste ano e continuará até o final de 2020.
Conforme acordado, a Airbus e a SAS Scandinavian Airlines trabalharão de maneira colaborativa em um projeto de pesquisa conjunto que visa aprimorar o conhecimento sobre as oportunidades e desafios de operação e infraestrutura na introdução em larga escala de aeronaves completamente elétricas ou híbridas de acordo com o modelo de operação das companhias aéreas. O escopo do projeto inclui cinco unidades de trabalho com ênfase na análise do impacto que a infraestrutura terrestre e o carregamento das aeronaves possuem sobre alcance, recursos, tempo e disponibilidade em aeroportos.
Hoje em dia, a eficiência de combustível é 80% maior por passageiro-quilômetro do que das aeronaves de 50 anos atrás. Entretanto, estima-se que o tráfego aéreo irá mais do que dobrar nos próximos 20 anos, o que significa que reduzir o impacto que a aviação tem sobre o meio ambiente é uma das principais metas do setor.

DISRUPÇÕES – Os veículos elétricos e autônomos e a mobilidade como um serviço estão causando disrupções sem precedentes no setor automotivo e até mesmo aéreo, como vimos em duas notícias acima. Nesse cenário, os negócios impulsionados por produtos e serviços habilitados digitalmente podem tornar o valor gerado pela mobilidade dos automóveis, por exemplo, até 10 vezes maior que a venda ou o financiamento de veículos particulares. Essas são algumas das conclusões da pesquisa "A hora é agora: você é um simples fabricante ou um especialista em mobilidade e conectividade?".
"As montadoras, que implementaram um modelo de negócio consistente por 100 anos, estão atravessando um período de transformações sem precedentes. Como a mobilidade pessoal é muito mais ampla que o fornecimento de um veículo, muitas delas planejam se tornar prestadoras de serviços. No entanto, o tempo para criar novas oportunidades está pressionando cada vez mais os líderes dessas empresas", afirma o líder do setor automotivo da KPMG no Brasil, Ricardo Bacellar.
A partir disso, dois modelos de negócios distintos devem ser implementados. Algumas montadoras permanecerão fabricando veículos e dando suportes a carros cada vez mais sofisticados, mas cedendo ao cliente a interface de serviços de mobilidade. Outras evoluirão para o desenvolvimento de plataformas direcionadas para uma variedade de serviços de mobilidade. De acordo com a pesquisa da KPMG, o desafio atual está na adoção em massa de serviços de mobilidade, o que representa uma mudança fundamental no mercado e no relacionamento com o cliente. Os fabricantes precisam identificar oportunidades de negócio em escala e integrar essas novas proposições com a oferta como parte de uma estratégia de mobilidade futura.

D. AFONSO – A TAP assinala um marco histórico nos seus 74 anos de vida. A companhia aérea portuguesa tem pela primeira vez 100 aviões na sua frota, depois da chegada de mais um A330neo, o CS-TUI, batizado com o nome de D. Afonso Henriques.
A renovação da frota da TAP, com 71 novos aviões previstos até 2025, é um dos pilares do plano estratégico dos novos acionistas, apresentado na época da privatização em 2015 e aprovado pelo estado português. É nestes aviões de última geração, com mais oferta de lugares e menor custo, que se concentra grande parte do processo de transformação e modernização da TAP.
Os novos aviões permitiram abrir novas rotas e diversificar as fontes de receita da TAP. A companhia continuou a crescer no Brasil, mercado onde mantém a liderança das ligações para a Europa, com um aumento de 22,8% de passageiros transportados entre 2015 e 2018, mas apostou também no mercado da América do Norte, onde o crescimento de passageiros transportados, entre 2015 e 2018, foi de 176,5%, acompanhando uma oferta de lugares que praticamente quadruplicou em quatro anos.

BEIJA-MÃO – O chairman da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), John Elkann, o CEO global do grupo, Mike Manley, e o COO da empresa para a América Latina, Antonio Filosa, expressaram confiança no Brasil e apoio à determinação do presidente Jair Bolsonaro e seu governo em aprovar um conjunto de reformas para estabilizar as contas públicas e promover o desenvolvimento sustentado do país.
Durante audiência, dia 23 último, com o presidente Bolsonaro e o ministro da Economia Paulo Guedes, o chairman da FCA, John Elkann, destacou: “A FCA sempre acreditou no Brasil, país no qual decidiu instalar-se em 1973. Nossa confiança se renova ao enxergarmos com grande otimismo a determinação do governo brasileiro em aprovar as reformas estruturais tão necessárias para a retomada do crescimento econômico e para a melhoria da competitividade do país”.
Detentora das marcas Fiat, Jeep e Ram, entre outras, a FCA confirmou investimentos de R$ 16 bilhões no Brasil até 2024. Os recursos se destinam ao desenvolvimento e lançamento de novos veículos, produção de novos motores, incorporação de novas tecnologia embarcadas nos veículos, novos sistemas de produção baseados na Indústria 4.0 e novas instalações industriais, conforme explicou o COO da FCA para a América Latina, Antonio Filosa. A FCA tem fábricas em Minas Gerais, Pernambuco e Paraná.

Divulgação      Reino Unido apoia publicamente a adesão do Brasil à OCDE

OCDE – O ministro britânico Mark Field e o secretário geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) Ángel Gurría assinaram acordo que prevê o apoio do governo britânico para o alinhamento do Brasil aos padrões e as melhores práticas desta organização. Serão investidos até 2 milhões de libras em múltiplos projetos de assistência técnica nos próximos quatro anos.
O Reino Unido apoia publicamente a adesão do Brasil à OCDE. O Brasil é o país não-membro que mais aderiu aos instrumentos exigidos pela organização, superando os demais candidatos.
Esse montante faz parte do Programa de Facilitação de Comércio do Prosperity Fund, fundo do governo britânico que busca promover a cooperação entre o Reino Unido e países parceiros para eliminar barreiras ao desenvolvimento econômico e social. O memorando de entendimento foi assinado dia 22 último durante a reunião do Conselho Ministerial da Organização em Paris.

SIMPLES – No dia que marcou o primeiro mês de sanção da Empresa Simples de Crédito (ESC), conforme a Lei Complementar nº 167/2019, sexta-feira última, o Sindicato das Sociedades de Fomento Mercantil Factoring do Estado de São Paulo (Sinfac-SP) promoveu, na Fecomércio, em São Paulo, seminário para discutir a criação e aprovação da lei, tendo como público-alvo possíveis interessados em atuar e investir neste novo negócio. A lei recém aprovada permite que pessoas físicas possam abrir empresas em suas cidades e emprestar dinheiro a empresários de micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais da própria cidade ou de cidades circunvizinhas.
Convidado, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, afirmou que a ESC é mais uma grande conquista das micro e pequenas empresas. “No Congresso Nacional fui um grande defensor da Empresa Simples de Crédito, pois sabia da importância do acesso ao crédito para o incentivo ao empreendedorismo”, disse ele, destacando ainda a importância do MEI, Microempreendedor Individual. De acordo com Melles, essa figura jurídica simboliza uma revolução trabalhista no Brasil, pois permitiu que mais de oito milhões de brasileiros se tornassem formais, com direito a CNPJ e previdência social.

Nelson Tucci é editor de Veículos & Negócios, do Jornal PERSPECTIVA.
Leia também no site www.jornalperspectiva.com.br

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Combate à exploração sexual

Divulgação    Disque 100 para denunciar à Secretaria de Direitos Humanos da PR

Nelson Tucci

O último sábado foi marcado como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes”. As empresas CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, direcionadas pelo Instituto CCR, realizaram uma série de ações educativas no Sistema Castello-Raposo e no Trecho Oeste do Rodoanel. As atividades têm o apoio da Agência Reguladora de Transportes de São Paulo (Artesp). A campanha prossegue neste mês de maio.
Foram distribuídos 20 mil folhetos nas praças de pedágio do Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel que explicam o que são a violência, o abuso e a exploração sexual e orientam sobre prevenção. As mensagens, que também estarão nos painéis eletrônicos nos trechos, divulgam o Disque 100, o telefone de denúncia da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O telefone é gratuito e as pessoas não precisam se identificar, caso queiram registrar uma denúncia. A ação é fiscalizada pela Artesp.
Além disso, para reforçar a ação, durante o mês de maio os caminhoneiros que pararem na base fixa do Estrada para a Saúde, localizada no km 57 da Rodovia Castello Branco (SP 280), sentido capital, são abordados e direcionados em conversas educativas sobre o tema.

AGASALHOS – As concessionárias CCR estão arrecadando agasalhos nas praças de pedágio e bases operacionais do Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel. A ação integra a Campanha do Agasalho 2019, do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, apoiada pela Artesp nas rodovias paulistas.
Os itens serão doados para instituições assistenciais dos municípios da região. A arrecadação de agasalhos e cobertores em bom estado de conservação ocorre até 24 de junho.
“A cada edição da campanha ficamos mais satisfeitos com a adesão dos colaboradores e dos usuários. Acreditamos que bons exemplos engajam e ajudam a mostrar que podemos construir uma sociedade melhor e mais solidária”, comenta Francisco Bulhões, diretor de Comunicação e Sustentabilidade do Grupo CCR e presidente do Instituto CCR. Expectativa é que a campanha arrecadará o suficiente para ajudar a mais de 2,2 mil Apaes e entidades filiadas em todo o Brasil.

Divulgação   Entrega dos veículos aconteceu na fábrica da Hyundai em Piracicaba/SP

APAE – A Hyundai Motor Brasil realizou, na última semana, a doação de seis veículos HB20S Comfort Plus 1.0 para os sorteios da Campanha Apae Noel 2019, promovida pela Federação Nacional das Apaes (Fenapaes). Os recursos financeiros captados com a venda dos bilhetes serão aplicados no apoio a projetos sociais desenvolvidos pelas 2.201 entidades filiadas da Rede Apae no país, responsáveis por promover a inclusão e a melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas com deficiência intelectual ou múltipla.
É a primeira vez que a Hyundai apoia nacionalmente um projeto da Apae Brasil. Desde 2012, a marca realizou diversas iniciativas locais, como a doação de equipamentos médicos e hospitalares para as prefeituras de nove cidades próximas a Piracicaba/SP. As doações beneficiaram diversas Apaes e instituições que trabalham com o mesmo propósito.
“Ações como essa reforçam o compromisso da Hyundai de apoiar instituições dedicadas ao desenvolvimento da cidadania de grupos vulneráveis”, comenta Ricardo Martins, vice-presidente administrativo da Hyundai Motor Brasil.

Divulgação            Carros são vistoriados e têm 305 itens analisados

SEMINOVOS – O 123carros, um dos principais canais web para comercialização de carros usados do país, acaba de atingir uma marca histórica, que suplanta mais de 330% as expectativas desenhadas na fundação da empresa: um Ford Fusion Titanium 2.0 GTDI Eco, ano 2015, é 5.000º veículo a procurar a empresa para recorrer ao apoio na venda.
Nem todos os 5.000 seminovos, porém, chegaram a ser “trabalhados” para venda. Prestes a completar seu segundo aniversário, a 123carros mantém inalterados os critérios que nortearam sua criação em 2017. “Cerca de 25% dos candidatos foram rejeitados na pré-inspeção. Outros 10% também não passaram no crivo da avaliação dos técnicos”, lembra Andréas Visnardi, chefe de Inspeções da 123carros, ressaltando que o maior patrimônio da empresa é garantir qualidade e confiabilidade nos modelos à venda.
O interessado na venda leva seu carro ao Centro de Inspeção, onde ele será meticulosamente vistoriado – num total de 305 itens verificados em todos os veículos –, fotografado e avaliado. Não se coloca carro à venda que não atenda aos padrões de qualidade e que possua qualquer tipo de impedimento na documentação. A vantagem recai, naturalmente, para o cliente que compra seu carro na 123carros: há a certeza de não adquirir um “problema”, garante a empresa.

SETE LUGARES – Famílias grandes geralmente têm dificuldade de planejar uma viagem de carro. Com apenas cinco lugares em modelos comuns, é sempre difícil acomodar todas as bagagens e pessoas que fazem parte do grupo. Para isso, o mercado automotivo passou a disponibilizar opções de sete assentos, que passaram a ser preferência de quem dividia, apertado, um espaço na excursão com os parentes.
Para ajudar os consumidores interessados em adquirir um veículo de sete lugares, a KBB Brasil, referência em precificação de carros novos e usados, analisou o comportamento de mais de um milhão de visitantes únicos mensais e identificou que 1,46% das buscas realizadas no site são direcionadas a esse nicho. Vale ressaltar que os resultados são baseados nos modelos com sete lugares de série, logo, os que possuem o assento opcional não foram considerados com destaque.
Entre marcas japonesas e norte-americanas, o TOP 5 veículos do segmento mais buscados pelos brasileiros – com opção de sete lugares de fábrica – são o Mitsubishi Pajero (36,8%), Chevrolet Spin (16,9%), Chevrolet TrailBlazer (7,7%), Toyota SW4 e o Dodge Journey, respectivamente.

ACIDENTES – A redução de acidentes é uma preocupação constante para as companhias que administram concessões rodoviárias. No Maio Amarelo, campanha para a conscientização sobre segurança no trânsito, a Arteris Régis Bittencourt anuncia a redução de 56% de acidentes com ciclistas no comparativo 2017/ 2018.
Mas não é somente durante a campanha que a Arteris conduz ações voltadas para conscientização e educação viária. Algumas delas, como o “Viva Ciclista”, acontecem ao longo de todo o ano. A iniciativa promove ações educativas dirigidas aos ciclistas que trafegam nas vias próximas às rodovias, especialmente nos trechos de maior ocorrência de acidentes. Além de promover boas práticas para um comportamento seguro, contribui para a redução no número de acidentes com bicicletas na rodovia.
Além de atender aos moradores locais que usam a bike para ir e vir do trabalho e das escolas nos trechos da Régis Bittencourt, o “Viva Ciclista” também alcança atletas e grupos que usam a rodovia para praticar o esporte. “Quando realizamos as ações de conscientização, vamos até as margens das pistas para conversar com essas pessoas e ensinar a maneira correta e menos perigosa de trafegar com segurança. Também entregamos o kit Ver e Ser Visto com coletes e lanternas que aumentam a visibilidade do ciclista e coletamos dados sobre trajeto e frequência de circulação na rodovia”, afirma o superintendente de Operações da Arteris, Ricardo Gerab.

PRÊMIO – A ZF do Brasil, através da unidade de negócios produtora de embreagens, recebeu pelo segundo ano consecutivo o prêmio de qualidade da DAF na categoria 10PPM. O reconhecimento se refere à performance em qualidade no ano de 2018, quando a ZF obteve o resultado de 0PPM, ou seja, nenhuma peça rejeitada em um milhão de unidades fornecidas ao cliente. O prêmio foi entregue a José Callegari, diretor de operações das plantas da ZF localizadas nas cidades de São Bernardo do Campo e Araraquara.
O termo “PPM” – “partes por milhão” – é uma métrica de qualidade que resulta da divisão entre peças rejeitadas pelas peças fornecidas, multiplicada por um milhão. A DAF utiliza um indicador oficial para medir o índice PPM mensalmente e assim avaliar o resultado de seus fornecedores. Com os dados coletados, a empresa premia anualmente o fornecedor que atingir a meta estabelecida de 10PPM, que foi o caso da ZF em 2018 e em 2017.

Divulgação      Designers estão visitando escolas, para motivar inscritos

DESIGNER – A Volkswagen decidiu fazer diferente na 21ª edição do concurso “Talento Volkswagen Design”. Neste ano, os próprios designers da marca estão visitando as faculdades em que se formaram para divulgar o processo seletivo que oferece aos vencedores a oportunidade de estagiar por um ano no departamento de Design da Volkswagen em São Bernardo do Campo/SP. Nesta semana, o head de Design da Volkswagen para a América Latina, José Carlos Pavone, esteve na Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde se formou em 1999.
“É uma palestra sobre o Processo de Desenvolvimento de Design Automotivo, que estamos apresentando em diversas universidades. O objetivo é divulgar o Talento VW Design 2019 ao maior número possível de estudantes. Nosso conteúdo está baseado no case do T-Cross, primeiro SUV produzido pela Volkswagen no Brasil”, explica Pavone.
O tema deste ano é “Urban Xperience – Como a mobilidade pode deixar a cidade mais inteligente?” e propõe para os estudantes desenvolverem projetos e tecnologias que integrem a infraestrutura da cidade, promovendo o bem-estar das pessoas, o crescimento econômico e o uso adequado e sustentável de recursos. As inscrições vão até 19 de julho. Para participar, o estudante deverá preencher a ficha cadastral pelo site www.volkswagen.com.br/design

Divulgação    Máquina tem 1.262 cm3 de cilindrada com 158 cavalos de potência

MOTO – A Ducati Multistrada 1260 S desembarcou no Brasil em outubro de 2018 para reforçar a presença da Ducati no segmento big trail de alta cilindrada. De lá para cá ganhou prêmios e abocanhou a preferência do consumidor brasileiro.

De eletrônica sofisticada, a Ducati Multistrada 1260 S combina o motor de 1.262 cm3 de cilindrada com 158 cavalos de potência. O alto desempenho deriva do motor Testastretta DVT, com melhor torque, capacidade de circulação e capacidade de tração. Ou seja, a Ducati Multistrada 1260 S entrega muita potência a partir de baixas rotações.
Entre as principais novidades destaque para o Ducati Quick Shift (disponível na versão S) que permite a troca de marchas automática para cima ou para baixo, sem o uso da embreagem. O TPMS, sensor avançado para o monitoramento da pressão dos pneus. O novo painel de instrumentos com tela de 5” de alta resolução TFT em cores, especificamente projetado para aplicações em motocicletas, e ofarol Full-LED com Ducati Cornering Lights (DCL) também são diferenciais do modelo S. A nova opção de cor chega neste mês ainda às concessionárias e o preço sugerido é de R$ 87.900.

SEM FILAS 1 – A rede de aluguel de carros Localiza Hertz, em parceria com a ConectCar, que oferece serviço de pagamento automático de pedágios e estacionamentos pelo Brasil, lança mais uma novidade para seus clientes na locação de carros: o Localiza Pass by ConectCar.
O serviço permitirá que os clientes passem por pedágios e estacionamentos de shoppings e aeroportos sem pegar filas e sem se preocupar em sacar dinheiro ou pagar tickets em totens de estacionamento.

SEM FILAS 2 – A Movida e o Sem Parar anunciam parceria para oferecer aos seus clientes serviço de aluguel de carros com a tecnologia de pagamento contactless em pedágios e estacionamentos. O projeto implantará a solução nos 96 mil veículos da Movida, distribuídos em mais de 99 cidades em todos os estados. A expectativa é que, até o final de 2019, todos os carros disponibilizados nas 187 lojas da marca operem com o Sem Parar como default, gerando mais de 250 mil transações por mês.

Divulgação    Reinventar-se e melhorar o relacionamento com o cliente

PÓS-VENDA – A crise econômica que veio atingindo o Brasil nos últimos anos também alcançou o setor automotivo expressivamente. No começo desse ano, por exemplo, a General Motors e a Ford mostraram dificuldades.
Em 2013, a Fiat tinha 22,7% de participação nas vendas de carros no país: era a marca mais vendida. Em novembro de 2018, a taxa caiu para 12,2%. No ranking do Customer Service Index (CSI), estudo feito pela consultoria automotiva global J.D. Power que faz análises da experiência dos clientes com os serviços de pós-venda prestados, a Fiat também não ficou bem colocada.
O jeito então foi se reinventar e melhorar seu relacionamento com o cliente. A empresa então decidiu reformular e ampliar o World Class Dealer (WCD): programa que analisa o processo de vendas e os serviços oferecidos pós-venda com o intuito de aumentar a eficiência, a qualidade e a velocidade das atividades e, além disso, reduzir custos. Outra medida foi adotar o Lean Manufacturing que significa Manufatura Enxuta. “Esta é uma filosofia de trabalho que visa eliminar desperdícios dentro da cadeia produtiva e entregar maior valor agregado ao cliente, é fazer mais com menos”, explica Carolina Hartmann, diretora comercial da Isoflex, empresa que forneceu a todas as concessionárias da Fiat quadros de gestão visual.

FLUXO – Um estudo da In Loco Location Intelligence identificou que em março passado o fluxo de visitantes nas concessionárias brasileiras caiu quase 17% em relação a fevereiro, supostamente impactado pelo período de Carnaval, que neste ano aconteceu entre os primeiros dias do mês de março.
No volume total de visitantes, a GM é a líder pelo 3º mês consecutivo e acumulou mais de 18% do total de visitas, entre as marcas analisadas, em março, seguida pela Fiat, 16%; e Volkswagen, 13%. A disputa pelo quarto lugar ficou acirrada, de janeiro para março, a Ford subiu de posição no ranking desbancando a Renault, que caiu para quinta posição em fevereiro e se mantém em sexto lugar agora no ranking. Já a Hyundai subiu uma posição de fevereiro para março. A multinacional estadunidense e a empresa sul-coreana ficaram quase empatadas com um poucos mais de 8% e a marca francesa ficou próxima dos 8%.

SELO – O Groupe PSA criou um novo selo de venda de veículos usados, o Spoticar, para simplificar a experiência de compra de clientes particulares e/ou corporativos, apoiada por uma oferta digital ou em pontos de vendas especializados.
O Spoticar oferece uma seleção de veículos usados multimarcas que são selecionados, avaliados e preparados por especialistas de nossas redes, oferecendo aos clientes o acesso a uma oferta mais ampla de veículos e serviços. O selo concentrará oito já existentes, com exceção do “DS Certified”, que permanecerá em uso, e será lançado em 11 países da Europa até o fim deste ano.

MULTITECH – O engenheiro Fabrício Cardinali, ex-FCA, assumiu a diretoria técnica da Multitech e será responsável pelos laboratórios e testes do TechCenter da empresa, em Holambra/SP. Com a incorporação de Fabrício ao seu quadro societário a empresa consolida atividades na área de Engenharia Experimental e se prepara para expandir sua atuação em Segurança Veicular, uma das áreas que considera estratégica.

Nelson Tucci é editor de Veículos & Negócios, do Jornal PERSPECTIVA.
Leia também no site www.jornalperspectiva.com.br